Medicum Search

Por cada "Curtir" pagamos 1 Euro na conta da Cruz Vermelha

Referências de candidatos

Sabemos que, encontrar um emprego conveniente, em um lugar apropriado e com salário alto pode parecer um verdadeiro desafio. Nós ajudamos a realizar isso! Eis alguns exemplos de histórias que terminaram com sucesso.

Igor Kovalenko

de Makiivki na Ucrânia

No ano de  2007 terminei medicina na Universidade de Medicina de Lviev. Não podia decidir ainda sobre a escolha da especialização , mas sabia que queria iniciar minha carreira médica no estrangeiro. E difícil encontrar, na Ucrânia, um emprego conveniente na profissão, quando não se conhece as pessoas apropriadas que poderão lhe indicar. Decidi, então, procurar trabalho na Alemanha. Pois os hospitais de lá oferecem um caminho claro de carreira e equipamento moderno, o que no meu país é uma raridade.

Mesmo com a Alemanha enfrentando falta de médicos, os hospitais de lá não gostam de receber médicos do estrangeiro. Isso acontece porque devem ser preenchidos vários formulários para receber visto. Além disso, os alemães possuem um conhecimento limitado sobre os temas de nível da educação  na Ucrânia. Em outras palavras – preocupam-se com que ao invés dos médicos estrangeiros elevarem o nível da unidade não acabam gerando problemas adicionais.

E justamente por isso minha melhor decisão de vida foi entrar em contato com a  MedicumSearch. A agência já havia trabalhado anteriormente com a diretoria do hospital que eu estava interessado e recomendou-me como funcionário. Quando encontrar trabalho é muito importante para você, as vezes precisa simplesmente de alguém que apoie seu esforço e fala em seu nome. A MedicumSearch me ajudou também a me assentar em Koblenz, onde moro até hoje. Agora estou casado, feliz e daqui a um mês nasce minha filhinha.

Voltar para cima

Alexandru Moraru

de Tulcea na Romênia

Terminar os estudos Na Universidade de Medicina e Farmácia em Oradea em 2010 foi para mim um verdadeiro acontecimento. Desejava mudar de vida, viajar e conhecer a Europa, mas por outro lado, não queria fazer uma pausa de um ano na carreira. O ideal seria unir a viagem com o trabalho na profissão de médico. Sempre me fascinou a Europa Ocidental, mas além de visitar meu tio em Berlim nunca tive chance de conhecer-la. Não tinha certeza se era possível que eu trabalhasse no estrangeiro. Então fiquei sabendo sobre a MedicumSearch. Enviei meu CV e depois de uma semana entraram em contato convidando para uma entrevista num hospital na Holanda. Fiquei maravilhado! Fiz uma rápida visita em uma clínica no coração  de Amsterdã. Tive a oportunidade de visitar o hospital e seus diversos departamentos, conversar com os futuros colegas de trabalho e também conhecer o chefe. Também visitei a cidade e... me apaixonei por esse lugar e pelas pessoas! Depois de voltar para casa já tinha certeza que é justamente lá que desejo trabalhar. 6 meses depois ja estava morando em  De Pijp  - um bairro da moda de Amsterdã, somente 10 minutos de bicicleta do meu trabalho, usufruindo da vida européia em uma verdadeira cidade européia. Nunca conseguiria isso se não fosse a MedicumSearch. Foram eles que cuidaram para que o processo de aquisição  do visto decorresse sem problemas, negociaram meu salário e até organizaram a mudança para o estrangeiro.

Voltar para cima

Mária Horváthová

De Levic na Eslováquia

No ano de 2009 terminei uma especialização  em anestesiologia no Hospital da Universidade em Martin na Eslováquia. Ao mesmo tempo meu namorado recebeu uma oferta de emprego na Suiça. Decidi ir com ele e comecei a procurar trabalho na profissão de anestesiologista em Zurique. Não falava, na ocasião, bem o alemão, então sabia que seria dificil compreender os anúncios de emprego e comunicar-se diretamente com os hospitais. Um amigo que vive no estrangeiro me indicou a  MedicumSearch. A MedicumSearch me cedeu um consultor em idioma alemão que teve condições de me aproximar sobre o sistema de assistência médica na Suíça e procurar trabalho em meu nome. Isso realmente me permitiu tomar fôlego! Durante alguns meses encontrou para mim um cargo muito bem pago em um pequeno hospital perto do centro da cidade. Meu consultor me ajudou a organizar a mudança. Graças a ajuda da MedicumSearch fica muito mais fácil e com certeza usarei de seus serviços, caso me decida a mudar novamente.

Voltar para cima

Anya Kalns

de Bauski na Lituânia

Após meu divórcio em 2010 queria começar tudo novamente em um país novo. O que mais me interessava era a Grã-Bretanha pois  os hospitais e equipamentos são realmente de alto nível. Encontrei a MedicumSearch por acaso navegando pela internet a procura de ofertas. Entrei em contato co eles e depois de algumas horas já tive uma conversa com meu consultor. O consultor me informou sobre as vagas em um hospital da parte central da Inglaterra. Algumas semanas depois  fui convidada para uma visita ao hospital em Birmingham paga pela MedicumSearch. Desde o primeiro momento me senti em casa e comecei a trabalhar três semanas depois. A MedicumSearch cuidou de todos os detalhes, e eu pude me concentrar na espera de minha nova vida!

Voltar para cima

Kristian Stoev

de Burgas na Bulgária

Sempre tive vontade de viajar, por isso, quando terminei os estudos na Bulgária comecei a procurar emprego na Europa Ocidental. Como cardiólogo sabia que minhas capacidades sempre serão procuradas, então pensei que encontrar trabalho na Alemanha não seria problema.Entretanto, rapidamente compreendi que trabalhando por tantas horas, não encontraria tempo para aplicar candidatura e organizar questões relacionadas com visto, permissão de trabalho, registro na associação  médica local. Meu antigo colega de estudos encontrou emprego graças a firma MedicumSearch. Entrei em contato com eles imediatamente. Fiquei admirado como são eficientess. Ja então possuíam na base alguns hospitais e consultórios, procurando cardiólogos com a minha experiência, então tive a possibilidade de escolher a clínica, que seria ideal para mim. Meu vôo para a Alemanha foi pago, para que eu pudesse ser entrevistado em dois consultórios. Em ambos me propuseram trabalho, então pude decidir qual estaria mais perto de meus parentes que moram lá, já faz algum tempo. Passaram-se três anos e eu não me arrependo de minha decisão.

Voltar para cima

Alexis Gianopoulos

de Edessa na Grécia

Quando eu terminei a Universidade de Patras em 2011, não tinha um plano claro, sobre o que fazer adiante. Não tinha certeza se queria ficar na Grécia. A situação  econômica no país ja estava então muito ruim, e eu temia que poderia ficar ainda pior. Não queria arriscar minha carreira. O sistema de assistência de saúde não funciona com proveito para jovens estudantes, deve-se lutar muito para garantir um bom trabalho em alguns dos hospitais.  Comecei então a procurar trabalho no estrangeiro. Entretanto, isso é muito difícil, pois é nescessário tempo para compreender as regras do sistema de assistência de saúde do país , para qual se deseja ir. Fiquei sabendo por amigos meus sobre a MedicumSearch, que os ajudou a mudar para Suécia e Áustria.  Ponderei sobre uma mudança para a Alemanha, e por sorte a MedicumSearch possui muita experiência em recrutamento para esse país . Foi me designado um consultor incrívelmente esforçado, que realizou em meu nome todas as formalidades e ajudou a arrumar emprego num consultório em Moenchengladbach. Também me ajudou a preparar-se para a entrevista de qualificação , e também tomou conta da organização  de meu vôo e estadia. Quando tomei a decisão de mudar, negociou para mim um salário e contrato muito bons, que nunca conseguiria na Grécia. Contei tudo para meus colegas, e eles decidiram também usufruir dos serviços da MedicumSearch. Ao longo de 2 meses juntaram-se a mim no mesmo consultório e somos  agora bem unidos. Realmente me sinto em casa e não posso nem imaginar melhor início para minha carreira. Recomendo de verdade cooperação  com a  MedicumSearch.

Voltar para cima

Yonca Erdogan

de Burdur na Turquia

Eu fiquei sabendo sobre a MedicumSearch quando ainda era estudante na Universidade de Ancara. Minha prima, que também e médica, usou duas vezes dos seus serviços. Na primeira vez mudou da Turquia para Alemanha, para trabalhar como cardióloga em Berlim, e a segunda vez mudou para outro hospital em  Koeln. Ela me disse que todos na MedicumSearch são muito professionais e sempre negociam as melhores condições de trabalho, por isso sempre é melhor usar seus serviços do que procurar trabalho por conta própria. Levando em conta que isso é totalmente grátis - não tem motivo para não faze-lo! Em 2012, logo que acabei os estudos, entrei em contato com eles com uma visão nebulosa sobre o que gostaria de fazer. Os consultores da MedicumSearch examinaram todas as possibilidades. Finalmente, de todas opções que me foram apresentadas, escolhi uma proposta de trabalho e viajei para  Berlim, para a melhor clínica de toda a Alemanha. Sabia que entrar em cooperação  com a MedicumSearch não acarreta nenhum tipo de risco – não tinha nada a perder.

Voltar para cima

László Szabó

de Eger na Hungria

Passou un ano desde que eu me mudei para Hamburgo, na Alemanha, e posso dizer que adoro essa cidade. Quando terminei os estudos em  Segedyn (Szeged)em 2007, decidi ficar e iniciar uma especialização  como anestesiologista no hospital local. O início do meu caminho profissional não seria facil.  Os hospitais na Hungria são mal equipados, a estrutura e muito hierárquica e os salários muito baixos.  Eu pensei em cerrar os punhos, trabalhar, até que depois de alguns anos começaria a ganhar melhor salário. Tudo mudou depois que fui visitar minha prima Margit em Hamburgo. Ela também e médica e morava  em Hamburgo já faziam alguns anos. Durante a minha visita ela foi convidada para um encontro pela MedicumSearch,pois planejava mudar de emprego. Foi dessa maneira que fiquei sabendo sobre a MedicumSearch. Quando a  Margit voltou do encontro, perguntou se eu também estarei interessada em encontrar com eles.  Logicamente eu não tinha nada a perder e no dia seguinte encontrei-me com Thomas, um dos consultores da MedicumSearch. Não precisou me convencer por muito tempo, depois de meia hora de conversa eu já sabia que estava na hora de mudar de emprego. Aceitei as condições propostas, a MedicumSearch negociou para mim um salário alto e tomou conta de todas formalidades. Alem disso, a Margit recebeu 600 Eur por ter me recomendado a MedicumSearch de acordo com o Programa Caritativo de Recomendação .

Voltar para cima

Milena Svobodová

de Jemnic na Republica Checa

Eu não planejava mudar de emprego. Eu trabalhava no maior hospital de Ostrava e estava satisfeita com a minha vida. Minha família e amigos aqui moravam e eu não podia imaginar viver no estrangeiro, longe deles. Sobre a MedicumSearch eu ouvi falar a primeira vez, quando minha amiga enviou-lhes  meus dados,  como parte do Programa Caritativo de Recomendação . Não estava procurando emprego, mas pensei que não havia nenhum mal em encontrar-se com eles. O Petr da MedicumSearch veio para o encontro com um convite para uma entrevista de qualificação  em Estocolmo. Pra falar a verdade, isso me surpreendeu um pouco, mas a oferta parecia ser realmente muito boa. Fizeram uma oferta, onde cobririam os custos de vôo, hotel e alimentação . Disseram também que,  caso eu esteja interessada no emprego, me pagariam 6 meses de curso de língua sueca em Barcelona ou em Budapeste e receberei 700 Eur de ajuda por mês, somente por estudar o sueco. Além disso, garantiram que vão cobrir os custos de idioma também para o meu esposo e meus filhos.  Por acaso, acontece que o grupo de médicos checos na Escandinavia são muitos, então não nos sentiriamos ai tão solitários. Então compreendi que realmente não tenho nada a perder, e posso ganhar muito. Salários bem altos, vida em um país de alto nivel, ganhar experiência internacional, encontrar novas pessoas. Tomamos a decisão que iriamos tentar! Moramos em Uppsal já a 2 anos e adoramos esse lugar. A MedicumSearch ajudou meu esposo a encontrar emprego, meus dois filhos se aclimatizaram bem rápido e gostam de seus novos colegas. Posso comprar passagens aéreas para meus pais, que nos visitam com muita frequência, elevando em conta a quantidade de linhas aéreas baratas, nos também visitamos regularmente a terra de onde viemos. Desde que moramos aqui, a cada inverno voamos com toda a família para a Tailandia por um mês inteiro – certamente isso não seria possível se não tivessemos tomado a decisão de mudar-nos. Um dia com certeza voltaremos a Republica Checa, mas com uma bagagem cheia de experiências maravilhosas, que mudaram nossa vida. Eu sou grata a MedicumSearch por ter feito por nos um ótimo trabalho.

Voltar para cima

Magdalena Mikulska

de Chełm na Polónia

Isso certamente acontece com cada médico logo após terminar os estudos. E agora? Essa e a pergunta que muitos de nos acabam fazendo a si próprios. O sistema de assistência médica na Polónia mudou muito nos ultimos anos. Teoricamente as profissões de medicina são melhor pagas do que a 10 anos atrás e e mais fácil encontrar emprego. Entretanto a realidade é completamente diferente do que a maioria de nós pensamos. Após  o término dos estudos e muito difícil conseguir realizar aquela especialização  que se sonhava, no hospital em qual se queria trabalhar.  Em alguns departamentos é muito comum que existam somente 1 ou 2 lugares para fazer a especialização , e quando existem centenas de licenciados tentado encontrar trabalho a cada ano, fica praticamente impossível conquistar o cargo sonhado. Muitos conhecidos meus para poder trabalhar, tiveram que aceitar emprego inferior a suas expectativas ou começar uma especialização  completamente diferente do que planejavam anteriormente. Eu não queria agir dessa maneira e por isso decidi procurar um emprego assim como sempre sonhei, no estrangeiro. Decidi entrar em contato com uma agência de recrutamento. Isso não custa nada e  é sempre melhor quando um profissional toma conta das formalidades e garante que eu terei negociadas as melhores  condições possíveis. Alguns conhecidos meus colaboraram com a MedicumSearch e ouvi sobre eles somente opiniões positivas, então a escolha da agência foi fácil. Entretanto deve-se tomar cuidado, pois é possivel ter grandes decepções. Existem várias agências pequenas, que não nescessariamente se esforçam para garantir-lhe as melhores condições.

Quando encontrei trabalho em Colônia, fiquei sabendo que no mesmo hospital haviam ainda algumas vagas a serem ocupadas, então, motivei ao meu colega para que se mudasse para lá juntamente comigo. Não somos os únicos poloneses trabalhando nesse hospital, na verdade existe um grupo grande da Polónia. Isso nos facilitou muito, principalmente no início, quando não conheciamos ninguém, não conheciamos a cidade nem a cultura -  eles nos ajudaram a se aclimatizar rapidamente. A vantagem seguinte em trabalhar com poloneses, foi que não precisei apresentar o certificado B2 do alemão, e isso muitas vezes é uma exigência para poder trabalhar lá. Claro que eu precisava me comunicar em alemão, mas não nescessariamente  com perfeição . Por sorte o diretor do meu departamento também é polonês, então não tive que me estressar por causa de certificados. Tudo isso, na verdade, eu devo a  MedicumSearch, porque eles me encontraram trabalho aqui. Indiquei-lhes para alguns conhecidos meus, que estão buscando trabalho na Suiça.

Voltar para cima

Zoran Popović

de Valjeva na Sérvia

Terminei os estudos na Universidade de Belgrado (curso de medicina) um ano atrás e não posso acreditar como a minha vida mudou desde aquele momento. Agora trabalho em uma das maiores e melhores clínicas de dentista na Alemanha. Não foi fácil entrar aqui, estudei muito e aprendi alemão durante uns bons anos, pois sabia que, quando terminasse os estudos, gostaria de viajar ao estrangeiro. Na Alemanha existem muitos médicos da Sérbia, por isso também decidi por este país . Agora sinto-me como parte dessa sociedade e realmente estou bem assim. O pessoal da MedicumSearch me facilitou bastante tudo isso. Entrei em contato com eles quando estava ainda no terceiro ano de estudos. Lógicamente, isso era bem antes que eu pudesse trabalhar como médico, mas não tem nada de mal se alguém avisa que existe o mais rápido possível. Eles são a maior agência de recrutamento da Sérvia, então eu não tive dúvidas, de que desejava trabalhar somente com eles e de que eles e que iriam procurar trabalho para mim. Claro que eu não me arrependo! Fizeram muito bem a sua parte e estou todo o tempo em contato com eles. Nunca se sabe quando precisarei deles novamente,  se procurar um novo trabalho.

Voltar para cima

Stanka Marić

de Dakovo na Croácia

Morando em Zagreb, eu sabia que  trabalhando no estrangeiro como médico tenho muitas possibilidades. Repetia isso para mim mesmo durante vários anos, mas eu nunca fazia nada para mudar minha vida. 5 anos após a finalização de meus estudos na faculdade de medicina (Universidade em Zagreb) passaram muito rápido. Eu tinha um trabalho razoável e levava uma vida em ordem. Quando me separei de meu noivo um ano atrás, eu sabia que uma vida assim não e para mim. Eu achava que merecia algo a mais. Eu sempre tive medo de mudar para o estrangeiro, para trabalhar – antes de tudo porque o sistema de assistência de saúde em cada país e completamente diferente. Minha prima me aconselhou para entrar em contato com a  MedicumSearch. Não havia ouvido falar deles antes, mas do que sei por meus conhecidos, é a maior firma desse tipo na Europa Central e Oriental. Não precisei esperar muito para me convencer sobre o professionalismo deles  que senti na propria pele. Práticamente tomaram conta de tudo.  Organizaram para mim entrevistas de qualificação  em alguns hospitais da Noruega, para onde eu queria me mudar, ajudaram a me preparar para as entrevistas de qualificação , lógicamente pagaram pelos vôos, estadia e alimentação . Para mim, também foi muito importante eles terem tomado conta das negociações relacionadas com o meu salário e benefícios, pois isso é um assunto que sozinha eu não daria conta. Finalmente decidi começar o trabalho em Oslo. A MedicumSearch me ajudou a encontrar um super apartamento, num bairro elegante, apresentaram-me aos outros médicos da Croácia e me ajudam constantemente nas questões do dia a dia por aqui. Não imaginava que uma agência pode fazer tanta coisa por mim. Indiquei a  MedicumSearch para alguns conhecidos meus, que também gostariam detrabalhar na Escandinávia e sei que eles estão muito satisfeitos.

Voltar para cima

Viktor Galkin

de Lipetsk na Rússia

Estou grato pela cooperação  que tive com a MedicumSearch. Não somente por eles terem me oferecido ajuda nem por terem me tratado com respeito de parceiro de negócios, nem porque realizaram meus sonhos. Pra falar a verdade, eu não sabia que médicos da Rússia podem trabalhar legalmente na UE.  A MedicumSearch provou que isso é possível. Existem muitas dificuldades para vencer, mas quando alguém se esforça, então tudo pode ser feito.

Terminei os estudos na Universidade de Medicina de Kursk em 2006. Fui um dos primeiros diplomados que terminaram os estudos usando o inglês como idioma do curso. Meu inglês era de nível avançado, então decidi testar minhas forças e procurar trabalho em algumas clínicas na UK. Fiquei um pouco decepcionado, quando depois de 6 meses de envios de aplicações, centenas de e-mail e conversas por telefone continuava sem trabalho. Meu colega que é pediatra em Paris me falou sobre a MedicumSearch. Eles lhe ajudaram a encontrar trabalho na França, então porque não poderiam procurar trabalho para mim na Inglaterra. Ele tinha razão, graças a contatos internacionais, ao longo de algumas semanas, organizaram para mim 3 entrevistas de qualificação em Londres. Então eu compreendi que não faz sentido buscar emprego por conta própria. 3 meses, foi o tempo que levou para resolver todas as formalidadesi (visto, registro, etc.). Desde então, eu posso me realizar profissionalmente. Adoro a vida na Inglaterra, todos aqui olham positivamente para os médicos russos. Foi aqui que conheci minha namorada, que também e da Rússia, de Michurinsk, ou seja, bem perto da minha cidade natal. O mundo esta ficando pequeno – graças à MedicumSearch!

Voltar para cima

Rui Vilarinho

de Abrantes em Portugal

Desde sempre eu sabia que queria ser médico, assim como meu pai. Infelizmente não consegui entrar para medicina em Portugal. Decidi estudar medicina em Praga, na República Tcheca, onde o nível de estudos é muito alto, e como língua de curso pode se escolher o inglês . Outra vantagem em estudar na República Tcheca é: lindas mulheres! 6 anos de estudo passaram rápido e antes que eu percebesse já estava formado e tive que procurar um emprego, onde poderia iniciar a especialização . Não queria voltar à Portugal, porque havia se acostumado demais em viver no estrangeiro. Minha namorada que eu conheci nos estudos, vem da Áustria. Levando em conta, que na faculdade, eu estudei também o alemão, tomamos a decisão que iriamos aplicar em clínicas de Viena. Na Áustria existe muita falta de médicos, mas mesmo assim é muito difícil que médicos estrangeiros encontrem trabalho. Não sei exatamente qual é o motivo, talves tenham medo que nosso conhecimento é inferior aos seus níveis, ou que será difícil comunicar-se conoscom ou estes dois motivos juntos. Eu sabia que vale a pena entrar em contato com uma agência de recrutamento, mas não conhecia nenhuma dígna de confiança. Casualmente, eu vi no  Facebook como minha colega comentou algo sobre a MedicumSearch. Pedi para ela mais detalhes e decidi entrar em contato com eles. Desde o começo foram muito profissionais, ouviram minhas ambições e interesses e trataram me com respeito. Gostei muito disso. Ao longo de algumas semanas me enviaram para algumas entrevistas de qualificação  para as melhores clínicas de Viena, assim como também resolveram todas as formalidades e encontraram moradia.

Voltar para cima

Dario Cruz

de Cella na Espanha

Os espanhóis não são famosos no mundo por conhecerem linguas estrangeiras. Então, quando terminei os estudos de medicina e decidi procurar trabalho no estrangeiro, meus conhecidos pensaram que eu estivesse louco. Eu tinha condições de me virar com o inglês , mas não o suficiente para poder trabalhar como médico, por ex. na Inglaterra. Não queria ter uma pausa de um ano para poder  melhorar o inglês , pois me parecia ser perda de tempo. Também não levei em conta outros país fora a Inglaterra por motivo da barreira do idioma. Entretanto, em uma das revistas de medicina eu vi um anúncio da MedicumSearch. E para mim isso foi um momento decisivo. No anúncio escreveram que estão a procura de médicos que gostariam de começar ou continuar sua carreira na Dinamarca, e que antes de começar o trabalho, pagam por um curso de  meio ano de idioma dinamarquês. Então tive a idéia de que posso começar a aprender um novo idioma desde o zero, juntamente com médicos de toda a Europa. Não precisei, então, falar nem um pouco de dinamarquês. Levando em conta que ofereceram salário super alto, vários beneficios e nivel alto de vida em Copenhagen – não parei pra pensar nem por um momento. Moro na Dinamarca fazem 18 meses e não me arrependo pela minha decisão. Estou seguro que ficarei aqui pelos próximos anos, principalmente levando em conta a atual situação  econômica difícil da Espanha. Por enquanto, não só aprendi a falar em dinamarquês, mas também melhorei meu inglês , e isso graças a conhecidos de toda a Europa, que acabei conhecendo por aqui. Daqui 2 meses, dois conhecidos meus, com os quais estudei, também se mudarão para Dinamarca. Já sei, que então me sentirei como em casa. Além disso, uma semana atrás, comprei meu primeiro BMW –  que é  super! Não quero nem pensar sobre quantos anos teria de trabalhar para isso na Espanha. Sem dúvidas, eu recomendo os serviços da MedicumSearch, me parece que quando eu os conheci, minha vida mudou de um dia para o outro.

Voltar para cima